O amor não vence desta vez

“Eu cresci a acreditar que o amor vence tudo, cresci a ouvir aquelas histórias de que nenhum obstáculo é capaz de matar o amor. Frases e textos lindos a dizer que o amor vence sempre no fim. Que o amor ganha, que o amor transforma tudo, tudo ultrapassa, que o amor supera todos os obstáculos. Não é assim?

Que o amor tudo sofre, tudo suporta, tudo enfrenta, tudo espera, tudo carrega, tudo supera. Que o amor é manso, é sensível, flexível. Que o amor é romântico, é otimista, é confiante, é verdadeiro. Que o amor é a essência de Deus, a maior fonte da vida. Que o amor perdoa a dor, vence sempre o mal. Que o amor é a maior força que existe. Depois conheci-te. Conheci-te e eras tudo aquilo que me ensinaram sobre o amor. Agradecia todas as noites por ter sido uma das privilegiadas por saber o que é ser amada. Senti que eras o meu presente de Deus.

Eu não sei se foi no primeiro soco que tu me deste, sim aquele soco que me fez ter de contar à minha família e amigos que eu me magoei no ginásio, ao bater com a kettlebell na boca. Não sei se foi nesse soco ou se foi na primeira vez que vi uma mensagem tua para uma suposta amiga a dizer “também amei aquela noite”. Sim, “amiga” foi o que tu disseste que ela era quando eu te confrontei. Para depois de mais algumas provas, seres obrigado a admitir tudo. Disseste que estavas arrependido, mas na verdade só estavas arrependido porque foste apanhado.

Sempre ouvi dizer que as pessoas só procuram na rua quando não têm em casa. Mas tu foste a prova para mim, que isso está longe da verdade. Além de eu achar que quem está insatisfeito numa relação, o que deve fazer é conversar, e se for preciso terminar a relação, a ti nunca te faltou nada. E nem falo só de amor. A verdade é que tu agrediste e traíste a pessoa que sempre fez tudo por ti e que tanto lutou por nós. E eu sei que tu nunca entenderás os danos que causaste em mim, até que o mesmo seja feito contigo. É por isso que o karma existe.”

Eu não deixei de acreditar no amor. Ainda o sinto. Mas deixei de acreditar que ele supera tudo. Não sei em que momento foi. Porque tu não adormeces uma pessoa e acordas outra. Não. A esperança e o sonho vão-se esvaindo como se fosse o sangue a escorrer de uma ferida aberta. E um dia acordas, e já não resta nada. E eu sei que tudo o que acontece na vida, acontece por alguma razão. Eu sei que ninguém vem por acaso. Se não for bênção foi lição, e ele foi a mais amarga das lições que a vida alguma vez me providenciou. Ensinou-me o significado da palavra incondicional da forma mais cruel que ela pode ter. Porque eu amo alguém que não quero na minha vida, mas não consigo tirar do coração.

  Eu acho que quando dizem que o amor vence tudo, estão a falar do Amor. Ponto. Não se estão a referir à ligação entre duas pessoas, sejam elas um casal, amigos, irmãos ou qualquer outra pessoa. Eu acho que se estão a referir ao Amor. Ponto. E eu digo ponto para ficar claro que o amor é muito mais do que duas pessoas se quererem uma à outra. Por vezes amar também é desistir. Porque se é por amor que lutamos um bocadinho mais, também é por amor que dizemos “basta”. E desistir nunca foi sinal de fraqueza. É preciso ser-se muito forte para deixar ir alguém ou algo que queríamos muito manter. E eu digo a mim mesma em frente ao espelho, que sou um mulherão. Pela minha força, pela minha coragem, a minha resistência, a minha fé, a minha empatia, a minha honestidade, pela minha luz. Eu sou fantástica e mereço ter consciência disso. Hoje eu sei que nem tudo o que perdes é uma perda.

  Por isso, se o teu parceiro não te faz sentir uma deusa maravilhosa que merece o mundo, então ele não é o tal. O modo como és tratada é muito mais importante do quanto tu amas alguém. Se tu te preocupas com ele e ele se preocupa com ele, quem é que se preocupa contigo? Se alguém te quer na vida dela, ela tem de te colocar lá. Não é suposto tu lutares por um lugar que deveria ser teu. Mas teu por amor. Não por consideração, companhia ou cobrança. Tu não mereces alguém que te trate abaixo do nível Rainha. Não há meio termo. Tu não mereces alguém que te faça sentir que nunca serás suficiente. Sentir sem importância, pequenina, inútil. Tu não mereces alguém que prefere perder-te a ti, do que perder uma discussão. Tu não mereces quase amor, quase carinho, quase alguém ao teu lado. Se tu és inteira, achas mesmo que não mereces melhor? Mereces sim.

“As pessoas ainda me perguntam se eu te amo. Amo sim. Amo e amarei sempre. Mas também me amo a mim. E o amor próprio reergueu-me quando o amor por ti não prosperou. Lutei com todo o amor que tinha. E perdi. Descobri que o amor não supera tudo.”

Eu prefiro acreditar que o amor sabe o que faz. Mas desculpem, o amor não vence desta vez.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s