Abrir a gaiola

abre a gaiola

  Quem ama, gosta sempre. Quem gosta, nem sempre ama. Gostar é agradável, é bom, faz-nos sentir bem. Amar nem sempre é positivo, faz-nos sofrer, chorar. Porquê? Pela simples razão de que amar requer algo que não agrada muito ao ser humano. Amar requer sacrifício. Quem gosta, quer para si. Quem ama, quer para o outro. Confuso? Eu explico.

  Qual é a coisa mais importante para alguém que ama? O seu bem-estar ou o bem-estar do outro? A resposta é fácil. Qualquer pessoa que ama alguém, seja mãe, pai, filho, tio, avô, marido, mulher, irmão… qualquer pessoa que sente amor por alguém, quer o melhor para essa pessoa. Mesmo quando o melhor para essa pessoa não for o melhor para ela. É simples. Quando dizes “eu amo-te” a alguém, estás a dizer “eu quero o melhor para ti, mesmo que isso não seja o melhor para mim”. Porque sempre que disseres “eu amo-te” a alguém, mas apenas enquanto essa pessoa estiver contigo, fizer o que tu queres, não te desiludir, ser bondoso para ti, proporcionar-te bons momentos… na verdade não amas. Tu gostas dessa pessoa. E por isso é que se diz muito “não há amor como o amor de mãe”. Porque as mães, por mais desilusões que um filho lhes dê, estarão sempre ali. Darão a sua vida se preciso for. O amor nunca teve, não tem nem nunca terá condições para existir. Quando existe é para sempre.

  E falar de sentimentos com alguém é sempre muito difícil porque as pessoas preferem falar do que fazer. Mas o amor está nos atos e não nas palavras. Quantas vezes eu ou tu já dissemos “eu amo-te” a alguém? Se começarmos a contar desde o ensino secundário foram algumas. E amámos mesmo? Amamos mesmo? Amaremos mesmo? Pensa assim: “Continuaria eu a gostar dele, mesmo que ele partisse com outra? Continuaria eu a querer o melhor para ela, mesmo que ela me traísse?” É irrespondível, eu sei. Só depois de passarmos por isso, saberemos a resposta. Repara, todo o sentimento que ficar depois de tudo o resto acabar, de tudo o resto desistir, é amor. “Mas e o ódio?”. O ódio é outra coisa, mas vou deixar para outro texto.

 O amor é tão simples que qualquer criança nasce a amar. O amor é tão puro que não há nada que alguém possa fazer, que acabe com ele. O amor é tão forte que não há nada que a vida apresente que seja capaz de o destruir. Quando gostamos, esse sentimento está dependente de muitas variantes. A vida muda. Por isso é que deixamos de gostar. “Já não te amo” é na verdade “deixei de gostar de ti.” O amor é como uma tatuagem, podes até disfarçar ao máximo ao ponto de quase não se ver, podes tapar, podes até viver para sempre a fingir que ele não existe mais em ti. Mas ele está lá. O arrepio na espinha sempre que o vês ou ouves falar dele, prova isso mesmo. E vai ficar até ao teu ultimo suspiro. Mas então qual é a diferença entre gostar e amar?

  Quando alguém passa por uma loja de animais e gosta de um pássaro, compra-o e coloca-o numa gaiola. Assim pode tê-lo na sua casa, olhar para ele quando quiser, brincar com ele e estar com ele todos os dias da sua vida. Quando alguém ama um pássaro, abre a gaiola. O pássaro decidirá se quer ficar contigo ou partir. Não há forma mais pura ou bonita de gostar de alguém, do que deixar alguém escolher onde quer ficar. Porque se a coisa mais importante da tua vida for o bem-estar e a felicidade dessa pessoa, então isso é amor. Nem que isso signifique distância entre os dois.

  A diferença entre gostar e amar é das coisas mais simples da vida. Levar a flor contigo ou deixá-la crescer no campo. Apanhar o peixe ou deixá-lo nadar para lá e para cá quando ele desejar. Colocar o pássaro numa gaiola ou deixá-lo escolher entre ficar e partir.

A diferença entre gostar e amar é apenas uma. Abrir a gaiola.

 

Rosdet Nascimento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s