E o que não for leve, deixa que a vida o leve

leve

  O lado feliz dos novos ciclos é o de voltar a acreditar em nós.

  É o de saber que, para lá dos muitos disparates, escolhas erradas, encolher de ombros, certezas ignoradas e contas mal feitas, a vida dá sempre uma nova oportunidade a quem quer (muito) recomeçar. Seja no que for, seja onde for, seja com quem for.

  E recomeçar não significa apenas voltar ao zero. Não se reduz apenas a dar passos atrás, a ter de sair do (nosso) lugar. É mais. É sentir que estamos no lugar onde somos esperados, que vivemos a paz que procurámos (e conquistámos), é sorrir pela leveza da bagagem que carregamos no coração. Saber que fizemos bem em parar ao sinal de alarme do ponteiro da bússola que nos guia.

  É acreditar que decidimos com coragem quando espreitámos para dentro de nós e isso nos fez mudar. É (re)aprender que coisas-boas-acontecem e que, muitas vezes, recomeçar não significa ter de sair do (nosso) lugar.

  O lado feliz dos novos ciclos é o de voltar a acreditar em nós.

Sofia C. Fernandes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s