Por acaso, ninguém

tumblr_static_tumblr_static__640 (1)

  Ninguém entra na tua vida por acaso. Nem é por acaso que alguém sai dela. O problema é que muitas vezes demoramos a perceber porque motivo alguém entrou na nossa vida. E enquanto damos papéis demasiado importantes a quem é apenas passageiro da nossa viagem, acabamos por desvalorizar quem apareceu para ficar. Sim, porque a vida é como um filme. E como em todos os filmes, tem início e fim. Não há volta a dar, o tempo que desperdiças com alguém não pode ser reposto com outra pessoa. E também, como em todos os filmes, só podes voltar atrás para rever ou repensar o que foi feito, nunca para alterar alguma coisa.

   Por isso aprende bem com os atores secundários que forem passando pelo filme da tua vida, para não falhares com o principal. Sim, nem todos ficam. Há pessoas que são apenas o caminho, não a chegada. São apenas a viagem, mas não o destino. E é importante pra ti que percebas quando deves deixar-te carregar e quando tens de carregar. Não te esqueças que na história da tua vida, nem sempre serás a personagem principal. Às vezes, tens de saber dar muito mais do que recebes. Ouvir muito mais do que falas. Chorar muito mais do que sorris. E vais ver que as experiências más ensinam mais que as boas. E todos aqueles momentos em que choraste, e te humilhaste por alguém, todos aqueles segundos em que eras destratada e que davas tudo de ti e não recebias nada. Todos esses dias serão fundamentais para construir a tua maturidade emocional, sentimental e espiritual.

  Ninguém acorda um novo “eu”. Ninguém muda da noite para o dia. São os dias, principalmente os maus, que nos fortalecem. Quantos mais, melhor. Porque nós não amadurecemos com os anos, amadurecemos com os danos. Por isso, aceita. Nem todos vêm para ficar. Mas todos são úteis de alguma forma. Dos que vão, uns deixam saudades, outros aprendizagem. Os que ficam, ficam para edificar contigo. Não é porque amigos se foram, que não tenha sido útil. Não é porque as relações acabaram que não tenham dado certo. Tudo o que se sucedeu teve a sua importância. Confia no processo. Apesar de parecer, tu não és a mesma mulher de há 365 dias atrás. Tu não és o mesmo homem que eras em 2015. Não és. E achas que é do tempo? Não. O tempo só envelhece o que é físico. Cada um de nós é reflexo dos lugares em que esteve, das experiências que viveu e das pessoas que conheceu. Seja pela dor ou pelo amor, todos eles marcam-te e moldam-te naquilo que és e naquilo que serás. Tudo o que acontece na tua vida, acontece por alguma razão. Por acaso, ninguém.

 

Rosdet Nascimento

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s