A carta

larga-mão

  Podia muito bem ser mais uma folha em branco. Não fosse a minha insistência em dizer-te pela milésima vez o quanto sinto a tua falta. Como já é costume, a maioria das outras folhas foram para o lixo, mas esta não. Esta vai cumprir o papel de carregar o peso de tudo aquilo que eu sinto. Por falar nisso, gastei um caderno inteiro no último mês com cartas que nunca vais chegar a ler. Cartas que escrevi sobre a tua força, sobre a tua forma de ver a vida, sobre como o teu carinho era bom. Cartas que contam até mesmo sobre o mar que tu és, e de como eu nunca quis ser resgatado dele.

  Numa delas eu falo sobre recomeços, de como nós voltamos sempre a reencontrar-nos ainda que a vida lute para nos separar. Não interessa como nem porquê, há sempre algo que nos une. Nunca será preciso mais ninguém, porque não há ninguém como tu.

  Esta é a síntese do que nós somos e da mulher em que tu te tornaste. Única, autêntica, minha. A mulher da minha vida. Vida essa que tens desbravado de forma maravilhosa, ainda que algumas dificuldades tentem roubar o brilho das tuas conquistas. E que sortudo sou. Eu que pude dividir momentos maravilhosos contigo, momentos onde não me cansei de reparar na tua aura. Todos os lugares pelos quais tu passaste, nunca mais foram os mesmos. Nunca mais serão os mesmos.

  E eu digo isto por experiência própria. Nem sempre visitei os lugares por onde passaste. Mas um deles, o meu coração, mudou muito desde que te instalaste para ficar para sempre. Não há duvida que é difícil lidar com a tua ausência física, mas daqui eu sei que tu não sais. Por mais que ainda estejas distante, de uma forma ou de outra eu mantenho-te por perto. Porque a vida ensinou-me que viver um grande amor é um presente de Deus, mas cuidar desse amor é um presente para Deus. Hoje eu sei disso.

P.S. – Talvez esta carta acabe no lixo também…

 

Rosdet Nascimento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s