Sonhar é grátis mas o preço que se paga ao acordar é altíssimo

 couple-sad

  Já há algum tempo que eu sabia que não íamos durar muito mais. Ficaste distante, fria, como quem não consegue ficar num lugar apenas. Sabes aqueles animais selvagens que são mantidos em cativeiro? Que rapidamente perdem aquele brilho nos olhos, próprio de quem está no seu habitat? Pois é. Tu parecias um animal em cativeiro. Querias outra vida. Longe de mim, perto de quem nos dias de hoje ocupava a tua atenção e algo mais.

  Então vai. Eu não sou teu dono nem quero manter quem não quer ficar. Vai fingir que és feliz. Viver uma vida fácil demais de viver tornou-se moda neste século. Difícil vai ser encontrares alguém que te ame verdadeiramente. Alguém que queira o teu bem acima de tudo. Eu quis. Foi tudo mal feito, mas desde que te conheci que tu és a coisa mais importante na minha vida. É tão verdade, que eu cheguei a pensar que nós os dois iríamos ser um só o resto da vida. Sonhei demais. Sonhar é grátis, mas o preço que se paga ao acordar é altíssimo. E eu paguei. Ou melhor, ainda pago. Vai durar um pouco mais a saldar esta divida das rendas que tu não pagaste por morares no meu coração. Mas é melhor assim. “Amores” como o que tu sentias por mim, não valem muito, porque não faltam por aí.

[por Rosdet Nascimento]

2 pensamentos sobre “Sonhar é grátis mas o preço que se paga ao acordar é altíssimo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s