Na vida só amas uma vez

Aviary Photo_131097254548257100

  Eu sei que dói ter de arrumar no baú todos os sonhos, planos e esperanças que tiveste a vida inteira. Recomeçar nunca foi fácil, ninguém disse que seria. Mas a dor não é eterna, e qualquer ferida por mais funda que seja, acaba sempre por fechar. E depois voltas a viver. Voltas a acreditar que ainda vais a tempo de ser feliz. E vais. Vais poder escolher alguém que te faça sentir viva outra vez. Vais poder encontrar alguém que te provoque de novo aquele sorriso que já tinha pó de tanto tempo que esteve ocultado. Aquele abraço que tinhas guardado desde a última vez que precisaste dele. Aquele beijo que tinhas dado quando as palavras não conseguiam expressar mais o que ia aí dentro. Mas é bom que não sejas exigente. É bom que estejas preparada para ser feliz com o que a vida te dá. É bom que tenhas percebido que não interessa quantos olhares trocas durante a tua vida, nós não olhamos daquela forma para mais ninguém. Vais ter afinal que inventar um novo sorriso, porque aquele sorriso é apenas dele. Vais ter de pedir um novo abraço, porque aquele abraço vai permanecer guardado no baú. Vais ter de criar novos beijos porque nunca mais irás usar o beijo que deu à palavra amor o significado que o teu coração hoje conhece. E assim vais ter de viver até aos últimos dias da tua vida. Feliz, mas incompleta. Porque se realmente amaste aquele homem. Ainda o amas. E se ainda o amas, vais ter de amar baixinho. Porque a pessoa que te deu novos sorrisos, novos abraços e novos beijos não tem culpa da cobarde que foste ao deixar que alguém te amasse sem teres a intenção ou a capacidade de devolver amor.

  Eu sei que dói ter de arrumar no baú todos os sonhos… eu sei que dói amar, mas é a única coisa que te mantém viva. Não, não é a respirar. Viva, entendes? Amar é a única coisa que te mantém viva, e é a única coisa que levas quando morreres. Ao amor damos mil chances. Por mais conselhos que os teus ouvidos ouçam, é a voz do teu coração que manda. Por mais força que a razão e o juízo façam sobre as tuas decisões, o amor já decidiu há muito tempo. Naquele dia, naquele local, naquela hora. O amor decidiu que vocês iriam ficar juntos para sempre. E o mais interessante? É que tu sabes disso. Tu sabias disso no dia em que decidiste desistir dos dois. Sabias disso no dia em que decidiste dar a outro homem a oportunidade de fazer-te feliz. Sabias disso no dia em que enviaste aquela mensagem a dizer “Odeio-te”, mas em ti soltaste “…por te amar tanto.”

  Eu sei que dói ter de arrumar no baú todos os sonhos… E sei também que não és obrigada a voltar. A vida dá-nos sempre alternativas. Mas há uma coisa que tens de saber. Só o amor cura o amor.

E na vida, só amas uma vez.

[por Rosdet Nascimento]

2 pensamentos sobre “Na vida só amas uma vez

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s